Carregando...

ALMT - TODA VIDA IMPORTA PUBLICIDADE
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 1 PUBLICIDADE
Facebook
$PUB_interna_grande_2$
Newsletter

FIQUE POR DENTRO!

Cadastre-se para receber boletins com as novidades do nosso site em seu email gratuitamente.

É só informar seu email no campo abaixo e clicar em “Assinar”.

[ANUNCIE] Interna Lateral Pequena PUBLICIDADE
AS ÚLTIMAS DE Política
A regulamentação dos Conselhos de Segurança Pública e Comunitária (Conseg’s) de Mato Grosso foi o principal tema da segunda reunião ordinà ...
Política 22 de abril 2019 13h:49
Comissão de Segurança discute regulamentação e manutenção da autonomia

A regulamentação dos Conselhos de Segurança Pública e Comunitária (Conseg’s) de Mato Grosso foi o principal tema da segunda reunião ordinária da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa, realizada na tarde do último dia 17.

Em dezembro de 2017, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa promulgou o Decreto Legislativo nº 52, de 12 de dezembro de 2017, sustando os efeitos do Decreto do Executivo nº 1.030, que versava sobre a criação e disciplinava as atividades dos Conseg’s.

A derrubada atendeu a uma demanda dos conselhos e anulou a possibilidade de interferência do Poder Executivo na gestão dos mesmos. No entanto, quase um ano e meio depois eles permanecem sem regulamentação.

“Temos 141 municípios e 140 Conseg’s no estado, mas apenas cerca de 40 são registrados com CNPJ, então eles jamais vão conseguir captar recursos. É como se eles não existissem”, explicou o presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso (Feconseg-MT), Valdir Farinha.

Embora destaquem a necessidade de regulamentação de suas atividades, os conselhos reivindicam a preservação de sua autonomia e consideram inaceitável qualquer interferência por parte da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Victor Paulo Fortes Pereira, destacou a importância dos Conseg’s e afirmou que a atual gestão do Governo do Estado não tem interesse em controlá-los ou torná-los subordinados. “Mas é interessante que os Conseg’s estejam alinhados com as forças de segurança do estado. Temos que caminhar juntos”, ponderou.

Fortes informou que o Executivo deverá elaborar uma diretriz estadual de polícia comunitária, seguindo a linha da diretriz nacional, publicada na semana passada pelo Governo Federal.Elaborado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública com a colaboração dos 26 estados e do Distrito Federal, o documento reúne estratégias e filosofias para a aproximação entre polícia e comunidade.

Parceria – O secretário adjunto da Sesp afirmou ainda que a Pasta está à disposição para trabalhar em parceria com os conselhos e para discutir estratégias de atuação. “Precisamos buscar esse entendimento, pois o objetivo é atender bem a sociedade”, salientou.

O presidente da Feconseg-MT, Valdir Farinha, afirmou que os conselhos concordam com a ideia de atuação em parceria com as forças de segurança pública, porém reforçou a importância da manutenção da independência das entidades.

O presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa, deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), também chamou a atenção para a necessidade da união de forças entre as instituições. “Os Conseg’s são excelentes representantes da comunidade e fazem um trabalho brilhante em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil e outros setores. Precisamos definir o melhor caminho para os Conseg’s e isso deve ser feito com muito diálogo”, disse.

Projeto de Lei – O vice-presidente da Comissão de Segurança, deputado estadual delegado Claudinei (PSL), apresentou o Projeto de Lei nº 30/2019, que dispõe sobre a criação da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso.

O projeto prevê que a Federação seja organizada como entidade de direito privado, com vida própria e independente aos órgãos que integram o sistema de segurança pública, e atue dando apoio a eles nas elações com a comunidade. Trata ainda da composição da Federação, das competências e atribuições dos seus membros e estabelece os seus objetivos, como “buscar a solução conjunta dos problemas sociais com base na filosofia de segurança comunitária” e “sugerir prioridades na área da segurança público no âmbito do Estado”, entre outros.

“Esse projeto é muito importante porque na gestão passada houve uma tentativa do Executivo de interferir na atuação dos Conseg’s, criando uma vinculação e tirando a independência da atuação deles. Os conselhos são muito importantes para os municípios. Seus integrantes atuam de forma voluntária junto ao estado ou a particulares, sem receber qualquer tipo de renda”, afirmou Claudinei.

O projeto de lei já recebeu parecer favorável da Comissão de Segurança Pública e Comunitária e aguarda votação em Plenário.

Foto: Ronaldo Mazza/ALMT

vídeo
galeria
0
mais notícias
Nenhum comentário foi publicado.
Escreva seu comentário abaixo.
  • João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
    João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
COMENTÁRIOS (0)
Próximo » « Anterior
Próximo » « Anterior
Adicionar comentário
  • Seu nome
  • Seu e-mail
  • Website
Incorreto. Por favor, tente novamente.
Digite o código acima: Digite os números que você ouve:
  • Seu comentário
Escrever comentário
- Desculpe, ocorreu um erro inesperado.
Recemos seu comentário por aqui.
Obrigado por participar :D
2012 © mt fatos - Todos os direitos reservados.
Avenida Coroados, 433 - Centro - Jaciara/MT - 78820-000
contato@mtfatos.com.br - (66) 3461-1849
Desenvolvido por artedinâmica
2012 © mt fatos