Carregando...
MT  Ação PUBLICIDADE
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 1 PUBLICIDADE
Facebook
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 2 PUBLICIDADE
Newsletter

FIQUE POR DENTRO!

Cadastre-se para receber boletins com as novidades do nosso site em seu email gratuitamente.

É só informar seu email no campo abaixo e clicar em “Assinar”.

[ANUNCIE] Interna Lateral Pequena PUBLICIDADE
AS ÚLTIMAS DE Política
O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), afirmou, na manhã desta segunda-feira (26), que é impossível ter o deputado federal Valtenir Pereira como preside ...
Política 26 de junho 2017 16h:17
Mauro alega ser impossível ficar no PSB com Valtenir na presidência

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), afirmou, na manhã desta segunda-feira (26), que é impossível ter o deputado federal Valtenir Pereira como presidente regional do Partido Socialista Brasileiro. Mendes classificou a decisão que nomeou o parlamentar como líder estadual da legenda como “safadeza” e “ingratidão”.

Em 14 de junho, Valtenir Pereira assinou a ficha de filiação ao PSB. Na mesma data, o dirigente geral da legenda, Carlos Siqueira, colocou o parlamentar na presidência estadual do partido.

O caso gerou imbróglio entre os outros membros do PSB em Mato Grosso, que mostraram-se contrários à medida, pois esperavam que Mauro Mendes assumisse a liderança. O impasse em relação à direção regional teve início após Carlos Siqueira destituir todos os membros da executiva estadual do partido, que era composta pelos deputados federais Fábio Garcia e Adilton Sachetti, pelos deputados estaduais Oscar Bezerra, Eduardo Botelho, Mauro Savi e Max Russi e pelo ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

A destituição da executiva aconteceu depois que Garcia, então presidente da legenda, desobedeceu orientação da sigla e votou a favor da reforma trabalhista proposta por Michel Temer (PMDB). Valtenir é oposição ao governador Pedro Taques (psdb) e garantiu que a legenda, que atualmente apoia o tucano, mudará de postura após sua chegada à presidência. Ele garantiu que o PSB deixará a base aliada.

Durante reunião entre membros estaduais do PSB, entre eles deputados e prefeitos, Mauro Mendes teceu duras críticas à nomeação de Pereira como liderança regional. Ele afirmou que não teria complicações em lidar com o deputado federal como membro do partido.

Porém, o ex-prefeito declarou que é impossível conviver com Valtenir na presidência estadual da legenda. "Gosto muito do partido, muito embora, como os outros, ele tenha partes boas e ruins. O partido é um extrato da sociedade, onde temos cidadãos bons e não tão bons assim. O PSB representa isso. Não teria dificuldades em conviver com ele, mas tê-lo como meu líder, como presidente, isso é impossível”, disse.

Mendes lamentou a nomeação de Valtenir e classificou a decisão da executiva nacional como “ingratidão” e “safadeza”. "Foi extremamente lamentável a decisão da nacional, uma ingratidão muito grande, porque reconstruímos este partido em 2013, quando o deputado Valtenir abandonou o PSB, com inúmeros problemas, migrou com todas as lideranças, principalmente os prefeitos, e ficou um partido completamente destruído em Mato Grosso. Nós reconstruímos, com outras lideranças, tornamos o PSB um dos principais partidos no Estado. Demos, ao nacional, dois deputados federais, o que é extremamente importante para a composição da força política do partido e até mesmo do fundo partidário. A minha posição é de lamentar e achar que isso foi uma ingratidão, e porque não dizer, uma safadeza que fizeram conosco aqui no Estado”, completou.

O ex-prefeito da Capital comentou sobre as rusgas que existem entre ele e Valtenir. Para Mendes, é pouco provável que haja diálogo entre eles. "O diálogo é sempre possível, mas eu e o Valtenir somos como água e óleo, porque ele tem um comportamento político totalmente diferente do meu. Política tem que ser feita com seriedade, com verdade e com lealdade. Eu, particularmente, discordo profundamente, pelas atitudes, e principalmente pelo que ele fez com o PSB em 2013. Portanto, vamos ficar no partido, mas não reconheço ele como líder que possa me liderar em Mato Grosso”, asseverou.

Em relação à possibilidade de os membros do PSB deixarem o partido de modo conjunto, Mendes comentou que a questão ainda está sendo avaliada. "A solução vai ser trabalhada conjuntamente, com o deputado Fábio, com o Adilton, com deputados estaduais e outras lideranças. Não é uma decisão minha, é coletiva, ou de ficar ou de sairmos”, explicou.

Os membros destituídos da executiva estadual do PSB analisam uma votação interna, para destituir Valtenir da presidência estadual. No entanto, caso a medida não cause efeitos, o grupo analisa recorrer à Justiça, para questionar a decisão da executiva nacional.

vídeo
galeria
0
mais notícias
Nenhum comentário foi publicado.
Escreva seu comentário abaixo.
  • João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
    João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
COMENTÁRIOS (0)
Próximo » « Anterior
Próximo » « Anterior
Adicionar comentário
  • Seu nome
  • Seu e-mail
  • Website
Incorreto. Por favor, tente novamente.
Digite o código acima: Digite os números que você ouve:
  • Seu comentário
Escrever comentário
- Desculpe, ocorreu um erro inesperado.
Recemos seu comentário por aqui.
Obrigado por participar :D
2012 © mt fatos - Todos os direitos reservados.
Avenida Coroados, 433 - Centro - Jaciara/MT - 78820-000
contato@mtfatos.com.br - (66) 3461-1849
Desenvolvido por artedinâmica
2012 © mt fatos