Carregando...
MT  Ação PUBLICIDADE
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 1 PUBLICIDADE
Facebook
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 2 PUBLICIDADE
Newsletter

FIQUE POR DENTRO!

Cadastre-se para receber boletins com as novidades do nosso site em seu email gratuitamente.

É só informar seu email no campo abaixo e clicar em “Assinar”.

[ANUNCIE] Interna Lateral Pequena PUBLICIDADE
AS ÚLTIMAS DE Opinião
“Chamam bem ao mal que fazem as suas mãos; o príncipe exige, e o juiz torna como lhe fazem, e o grande manifesta (descaradamente)o desejo de sua alma, e p ...
Opinião 30 de maio 2017 01h:29
CORROMPIDOS E CORRUPTORES: As duas faces da Mesma moeda

“Chamam bem ao mal que fazem as suas mãos; o príncipe exige, e o juiz torna como lhe fazem, e o grande manifesta (descaradamente)o desejo de sua alma, e perturbam o pais” (Miquéias 7:3) – Bíblia Sagrada – Edições Paulinas, 1963.    “Com as mãos prontas para fazer o mal, o governante exige presentes, o juiz aceita suborno, os poderosos impõem o que querem; todos tramam em conjunto”. (Miquéias 7:3) - – Bíblia de Referência Thompson, 1993.

Desde a sua queda no Éden, o ser humano tornou-se corrupto, susceptível a todo tipo de maldade, passando a viver por conta de seus próprios desejos, afastando-se  gradativamente da vontade de Deus.

Através dos seus profetas e dos pais da Igreja Cristã, no Velho e no Novo Testamento, Deus sempre conclamou seu povo para cuidar das comunidades mais vulneráveis da sociedade,  buscando e praticando a justiça. Encontramos o profeta Isaias clamando: “Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas”. (Isaías 1.17) Ainda ecoam em nossos ouvidos as palavras de Tiago; “Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir.As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça... Condenastes e matastes o justo; ele não vos resistiu”. (Tiago 5:1-6).

Na ultima quinzena, o Brasil, e em particular os brasileiros foram sacudidos com a delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS - a popular FRIBOI que revelou uma faceta insana da psicopatia humana quando da quebra do pilar máster do marco do Estado Democrático de direito que é exatamente o fundamentado na acertativa bíblica: cuidar das comunidades mais vulneráveis da sociedade”; em função do beneficio ilegal e imoral em favor de alguns representantes dos três poderes que em tese teriam o sagrado dever de defender o povo e os interesses da nação brasileira.

Os irmãos Batistas corromperam representantes da Toga, do  Congresso e do Executivo através de práticas comerciais desonestas, (“Ainda há na casa do ímpio tesouros da impiedade, e medida escassa, que é detestável? Seria eu limpo com balanças falsas, e com uma bolsa de pesos enganosos?” (Miquéias 6:10,11); com o abuso dos cargos públicos através do suborno (“Os seus chefes dão as sentenças por suborno...” (Miquéias 3.11a), e e a conspiração das pessoas no poder para o seu próprio benefício (“Chamam bem ao mal que fazem as suas mãos; o príncipe exige, e o juiz torna como lhe fazem, e o grande manifesta (descaradamente)o desejo de sua alma, e perturbam o pais” (Miquéias 7:3). Práticas estas condenadas por Deus, pois as mesmas defraudam as pessoas comuns se apoderando dos seus meios de vida (“Sim, a verdade desfalece, e quem se desvia do mal arrisca-se a ser despojado...” (Isaías 59:15a) – “E cobiçam campos, e roubam-nos, cobiçam casas, e arrebatam-nas; assim fazem violência a um homem e à sua casa, a uma pessoa e à sua herança. (Miquéias 2:2).

Corruptores e corrompidos são os dois lados de uma mesma moeda. Onde há corrupção, há corrompidos e corruptores. Do lado do corruptor existe desonestidade e abuso de poder econômico, ao usar do dinheiro para obter favor, facilitação ou vantagem ilegal. Do lado do corrompido, há também desonestidade associada à ganância, que o leva ao ganho indevido e na maioria das vezes de forma ilegal.

Alguns dados da corrupção

É muito difícil quantificar a corrupção, admitem ONG´s como Transparência Brasil e Contas Abertas. Mas podemos citar alguns dados:

- A corrupção consome entre R$ 50 bilhões e R$ 85 bilhões por ano, segundo estudo de 2010 da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Isso corresponde a 2,3% de toda riqueza produzida no Brasil em um ano.

- No Índice de Percepção da Corrupção (IPC) de 2013, o Brasil tem nota 42, ficando em 72º lugar dentre as nações. A nota varia entre zero (um país mais íntegro) a 100 (um país mais corrupto).

- Diariamente, 230 crianças com menos de cinco anos poderiam ser salvas se os prejuízos financeiros com a corrupção fossem disponibilizados para se alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

- Estima-se que os países em desenvolvimento perderam cerca de 850 milhões de dólares em 2010, devido aos fluxos financeiros ilícitos (dados do Banco Mundial).

Como fazer para combater a corrupção?

O combate à corrupção passa por ações coletivas, desenvolvidas pela sociedade, efetuadas de modo sistêmico, contra a contaminação das práticas, dos processos, dos negócios, da aplicação da lei e da justiça. E, certamente, implica também em atitudes que, como cidadãos e cristãos, somos chamados a contribuir pessoalmente.

Por onde começar.

Cada cristão, seguidor de Jesus Cristo, é luz e sal na sociedade onde vive. Temos o dever de ser vigilantes e participar da vida em sociedade, fiscalizando e denunciando atos de corrupção, inclusive no espaço eclesiástico, nas denominações, nas instituições, nas empresas de comunicação e na política local.

O que o cristão deve esperar (e contribuir) a partir da comunidade onde convive:

- Para sermos luz e sal devemos ser intolerantes com qualquer tipo de corrupção, lembrando-nos que “o juízo começa pela casa de Deus” (1 Pedro 4.17).

- Contribuir para que a igreja seja profeta do Senhor contra a corrupção, mas que seja a primeira a dar o exemplo em suas práticas eclesiásticas e vida cotidiana.

- Procurar evitar os políticos que procuram, e os lideres que de certa forma colaboram, com o envolvimento irregular da Igreja na politica. Atividades “inocentes” como Marcha para Jesus, participações em algumas solenidades ecumênicas, na maioria das vezes escondem segundas intenções por parte dos líderes envolvidos.

- Orar para que as igrejas gerem filhos de Deus comprometidos com um mundo mais solidário e com menos cobiça, que é fonte de corrupção.

- Sermos intolerantes com a impunidade de quem quer que seja.

- Sermos solidários com todos que sofrem as consequências da corrupção, especialmente os mais pobres.

- Contribuir para que a igreja em geral e os cristãos em particular apoiem reformas políticas como instrumentos preventivos contra a corrupção.

 

Ps:   As citações bíblicas não identificadas são constantes da Bíblia Sagrada – Edições Paulinas, 1963.

Manoel de Jesus, teólogo e administrador. 

vídeo
galeria
0
mais notícias
Nenhum comentário foi publicado.
Escreva seu comentário abaixo.
  • João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
    João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
COMENTÁRIOS (0)
Próximo » « Anterior
Próximo » « Anterior
Adicionar comentário
  • Seu nome
  • Seu e-mail
  • Website
Incorreto. Por favor, tente novamente.
Digite o código acima: Digite os números que você ouve:
  • Seu comentário
Escrever comentário
- Desculpe, ocorreu um erro inesperado.
Recemos seu comentário por aqui.
Obrigado por participar :D
2012 © mt fatos - Todos os direitos reservados.
Avenida Coroados, 433 - Centro - Jaciara/MT - 78820-000
contato@mtfatos.com.br - (66) 3461-1849
Desenvolvido por artedinâmica
2012 © mt fatos