Carregando...
MT  Ação PUBLICIDADE
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 1 PUBLICIDADE
Facebook
[ANUNCIE] Interna Lateral Grande 2 PUBLICIDADE
Newsletter

FIQUE POR DENTRO!

Cadastre-se para receber boletins com as novidades do nosso site em seu email gratuitamente.

É só informar seu email no campo abaixo e clicar em “Assinar”.

[ANUNCIE] Interna Lateral Pequena PUBLICIDADE
AS ÚLTIMAS DE Opinião
Dos 10 Mandamentos dados por Deus para que tenhamos uma vida feliz e próspera, talvez o 8º deles: 'Não Furtarás', seja o menos obedecido no momento, mundo afo ...
Opinião 11 de fevereiro 2017 09h:54
O 8° Mandamento

Dos 10 Mandamentos dados por Deus para que tenhamos uma vida feliz e próspera, talvez o 8º deles: 'Não Furtarás', seja o menos obedecido no momento, mundo afora. No Brasil não é diferente. Grande parte dos brasileiros vem desobedecendo de maneira desafiadora a esse preceito dado pelo Altíssimo.

Satirizando sobre as alucinações de um ex-presidente brasileiro, dizemos que: "nunca houve na história deste país pessoas com tamanhas mãos-leves." Seria a personificação da roubalheira sem limites sobre a bufunfa pública. São bilhões de reais afanados diariamente. As operações policiais, em especial a 'Lava Jato' demonstra o amplo esquema de corrupção envolvendo empresários e políticos de diversos partidos, tendo como os mais citados militantes do PT: comandantes de poderosas empreiteiras do país e uma das maiores estatais brasileira, a Petrobras. Os críticos não hesitam em apontar que foi através do PT que tanta ladroagem permeou de maneira assustadora na classe política/empresarial brasileira, levando nossa economia ao caos.

Nem é preciso confessar ser um religioso para concordar que as 10 regras básicas para trilharmos no caminho do bem foram deixadas de lado.

Esqueceram-se as Leis Sagradas dadas por Deus a Moisés, contidas no Antigo Testamento (livro de Êxodo), dando espaço a essa patifaria maldita. Claro que essa tentação de usurpar da coisa do outro sempre existiu desde que mundo é mundo: herança adâmica que devemos combater diariamente, mas que se avolumou nos últimos tempos. Com a massificação do surrupio do dindin do povo nos Poderes Constituídos da nação brasileira, se percebeu que a maioria dos eleitos ou designados com a finalidade da defesa do bem comum, não está nem ai para as questões sociais. É notória a falta de respeito desses escolhidos. Muitos deles penetram na política para beneficiar-se pessoalmente e jamais pensam na população. O intuito de 'público' é deixado de lado e somente o interesse 'particular', prevalece.

Todos os dias depararmos com a dita cuja corrupção. Ela se apresenta de todas as maneiras possíveis, seja por desvios de verbas públicas destinadas à saúde, moradia, lazer, transporte, educação, etc. A sede insaciável ao dinheiro tem transformado pessoas em raposas avarentas que agem para o bel-prazer a fim de suprir as próprias necessidades. O que é pior, pois há casos que tais necessidades nem existem e são puramente inventadas no intelecto desses saqueadores psicopatas. A ganância desses cínicos empresários e políticos têm levado brasileiros ao fundo do poço, principalmente os menos favorecidos.

Neles, a ladroagem massacra levando as necessidades básicas de subsistência como: comida, roupa, moradia e principalmente cuidados médicos. Quantos morrem diuturnamente nas filas de hospitais necessitando de um atendimento médico pelo SUS? A corrupção gera desgraça e revolta o povão. Basta atentar para as ruas no momento. Ora! O roubo é imoral, é um ato abusivo contra o outro por si só. Além de prejudicar a pessoa lesada, ainda há situações que seu efeito impede para sempre que o lesado reponha a perda sofrida. O mais doído nisso é saber que a atitude do ladrão, quando não tira a vida da vítima, abafa a dignidade da pessoa roubada de não possuir o que tem por direito. Também demonstra a ausência de respeito e amor para com o próximo.

Todavia, em hipótese alguma devemos pensar que somos certinhos e cumprimos o 8º Mandamento só porque não arrombamos a porta de uma casa para roubar os bens de quem mora nela. Há roubos por situações diferentes, que o diga o meu amigo e cientista político – João Edisom de Souza. Para ele, quando praticamos a mentira, enganamos alguém e até quando furamos o sinal de trânsito ou jogamos papel de balinha pela janela do carro enquanto dirigimos, afrontamos os deveres dos verdadeiros cidadãos honestos, o que concordo plenamente. Sendo assim, se quisermos um Brasil melhor para se viver, é bom que todos nós atentarmos para rápidas mudanças. Mudança de escolhas política, de atitudes e principalmente de comportamento, até porque o Evangelho de Cristo é claro: "se roubarmos do outro aquilo que lhes é devido, tornamos-nos ladrões perante o vindouro tribunal de Deus."

Elizeu Silva é jornalista em Mato Grosso: elizeulivramento@gmail.com

vídeo
galeria
0
mais notícias
Nenhum comentário foi publicado.
Escreva seu comentário abaixo.
  • João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
    João Oliveira, há 9 horas atrás
    Quisque purus libero, sagittis sit amet posuere a, hendrerit scelerisque odio. Nam tincidunt, dolor nec vehicula imperdiet, ligula massa pharetra turpis, in mattis est lacus nec felis. Nam cursus libero nec odio semper eu tincidunt mauris ullamcorper. Donec porttitor mi eu libero bibendum iaculis. Ut tempor est vel nibh suscipit in sodales risus placerat. Responder
COMENTÁRIOS (0)
Próximo » « Anterior
Próximo » « Anterior
Adicionar comentário
  • Seu nome
  • Seu e-mail
  • Website
Incorreto. Por favor, tente novamente.
Digite o código acima: Digite os números que você ouve:
  • Seu comentário
Escrever comentário
- Desculpe, ocorreu um erro inesperado.
Recemos seu comentário por aqui.
Obrigado por participar :D
2012 © mt fatos - Todos os direitos reservados.
Avenida Coroados, 433 - Centro - Jaciara/MT - 78820-000
contato@mtfatos.com.br - (66) 3461-1849
Desenvolvido por artedinâmica
2012 © mt fatos